Europa | Segurança

Portugal faz parte de uma rede internacional de pedopornografia via Whatsapp

whatsapp

Foram detidas 39 pessoas, na Europa e América do Sul, com o desmantelamento de uma rede de pedopornografia que utilizava a aplicação Whatsapp para a partilha de ficheiros, anunciou a Europol.

Os suspeitos detidos são originários de países da América Latina e da Europa, entre os quais da Colômbia, Itália, Alemanha, Bolívia, Costa Rica, Paraguai e Portugal.

Segundo a Europol, as investigações iniciaram em junho de 2016, em colaboração com a polícia espanhola, numa operação que foi batizada “Tantilo”. Os primeiros indícios foram identificados pela polícia espanhola em portais na rede TOR, que através de um programa com o mesmo nome permite preservar o anonimato dos utilizadores.

Depois de infiltrarem um fórum de caráter pedopornográfico a Interpol, Europol e polícia espanhola conseguiram identificar 96 grupos de discussão, e consequentemente as contas dos utilizadores de uma rede Whatsapp que partilhava imagens e vídeos de caráter pornográfico com crianças de zero a oito anos.

Nas buscas efetuadas no quadro da “Operação Tantilo” foram encontrados mais de 360.000 documentos (imagens e vídeos) pedopornográficos, apreendidos dezenas de telemóveis, computadores, tabletes, câmaras, discos duros, entre outros materiais informáticos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo