Magrebe | Segurança

Violentos confrontos na periferia de Tripoli entre as forças líbias apoiadas pela ONU e rebeldes

libia2

Depois do marechal Khalifa Haftar ter anunciado a tomada de Benghazi, foi registada a partir de 9 de julho recrudescência dos combates na periferia da capital líbia, Tripoli.

Face a face estão as tropas do Governo de União Nacional (GNA), reconhecidas pela ONU e pela Comunidade Internacional, mas não pelo marechal Khalifa Haftar, e milícias islamistas provenientes em Misrata, fieis a Khalifa Ghweil.

Violentos combates foram registados este domingo e segunda-feira na cidade de Garabulli, a cerca de 60 quilómetros de Tripoli, que causaram a morte de quatro pessoas, dos quais dois trabalhadores estrangeiros, e 21 foram feridos, confirmou o ministério da Saúde líbio.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo