Médio Oriente | Segurança

Cinco bombistas suicidas fazem-se explodir durante operação do exército no Líbano

exercito-libanes

Uma criança morreu e sete soldados libaneses ficaram feridos nesta sexta-feira quando cinco bombistas suicidas fizeram-se explodir e um sexto lançou uma granada, em dois ataques a campos de refugiados perto da fronteira com a Síria, revelou o exército libanês.

Segundo as autoridades, quatro dos bombistas suicidas atacaram o campo de Al-Nur que se localiza perto da cidade fronteiriça de Arsal. No local, uma menina, filha de refugiados, foi morta e três soldados ficaram feridos. Uma fonte dos cuidados médicos de Baalbek revelou que a vítima tinha cerca de 2 anos e meio de idade.

O segundo ataque ocorreu em Al-Qariya, onde um militante detonou o cinto de explosivos e um segundo atirou uma granada causando ferimentos em quatro soldados.

“As tropas encontravam-se no local para capturar um homem procurado, tendo sido este o primeiro a fazer-se explodir”, avançou uma fonte do exército em declarações à AFP.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo