Crise | Médio Oriente | Segurança

Forças apoiadas pelos EUA entram na Cidade Velha de Raqqa

sdf-raqqa

Tropas apoiadas pelos EUA entraram esta terça-feira na Cidade Velha de Raqqa, principal bastião do Estado Islâmico (Daesh) na Síria, depois de bombardeamentos da aviação da coligação terem aberto duas brechas no muro histórico que circunda a zona.

“As forças da coligação apoiaram o SDF avançando na parte mais fortalecida de Raqqa, abrindo duas pequenas brechas no muro de Rafiqah que rodeia a Cidade Velha”, disse o Comando Central Americano (CENTCOM) em comunicado.

O enviado dos EUA para a coligação, Brett McGurk, publicou na sua conta do Twitter, que abrir caminho no muro é “um marco fundamental na operação para libertar a cidade”.

Segundo a coligação internacional, cerca de 2.500 combatentes do Daesh estão em Raqqa, e segundo a ONU cerca de 100 mil civis permanecem reféns dentro da cidade.

A cidade síria foi capturada pelos extremistas islâmicos em 2014 e tornou-se num dos símbolos das atrocidades cometidas pelo Daesh e base para a planificação de atentados no estrangeiro. Raqqa é a única grande cidade ainda nas mãos dos extremistas islâmicos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo