Médio Oriente | Segurança

Israel acredita que a Síria ainda tem três toneladas de armas químicas

basharalassad

As autoridades de defesa israelitas afirmam que o presidente sírio, Bashar al-Assad, ainda tem até três toneladas de armas químicas.

As autoridades entregaram a avaliação na quarta-feira, semanas depois de pelo menos 90 pessoas terem morrido, vítimas de um ataque químico na Síria. Israel, assim como grande parte da comunidade internacional, acredita que o regime de Assad ordenou o ataque.

Um alto oficial militar israelita, sob a condição de anonimato, afirmou, que a inteligência militar israelita estima que Assad tem “entre uma e três toneladas” de armas químicas. As declarações foram confirmadas por outras duas fontes da defesa.

Assad negou as alegações de que estava por trás do ataque de 4 de abril. A Síria concordou em desistir do seu arsenal de armas químicas em 2013.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo