Médio Oriente | Segurança

Pelo menos sete mortos em confrontos no Sinai no Egito

policiaegipto

Cinco rebeldes e dois soldados morreram esta quarta-feira em confrontos que surgiram na sequência de um ataque falhado a um posto de controlo de segurança na província do Sinai no Egito, anunciou um porta-voz militar.

As tropas perseguiam alguns dos rebeldes que tentavam escapar durante os confrontos, relatou o porta-voz em um comunicado.

“Um dos rebeldes, envergando um colete de explosivos, tentou atacar um dos pontos de controlo de segurança, quando foi abatido pelas forças de segurança, enquanto o resto dos rebeldes foram capturados” referiu a mesma fonte.

A insurgência islamita no norte do Sinai aumentou desde meados de 2013, quando os rebeldes afastaram o presidente Mohamed Mursi após protestos em massa contra o seu governo e o grupo que o liderou prometeu fidelidade ao Estado Islâmico um ano depois.

Centenas de soldados e policiais foram mortos, e nos últimos meses os ataques alastraram-se contra os cristãos coptas, que representam 10% da população que ascende aos 90 milhões de pessoas no Egito.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo