Médio Oriente | Segurança

Tropas iraquianas perto da Grande Mesquita de Mosul

abu-bakr-al-baghdadiv2

As tropas iraquianas a combaterem em Mosul estão neste momento a cercar a Grande Mesquista da cidade, local emblemático para o Estado Islâmico, por ter sido ali que o líder Abu Bakr al-Baghdadi anunciou a criação do Califado do Estado islâmico no verão de 2014.

Os militares pró-governamentais pretendem conquistar a Ponte de Ferro, ligação chave entre o leste da cidade e a parte velha de Mosul, na margem ocidental do rio Tigres. “Depois disso, vamos começar uma operação para limpar toda a área e libertá-la de combatentes do Daesh”, afirmou um porta voz do Ministério do Interior iraquiano.

A captura da Grande Mesquista de Mosul será uma enorme vitória simbólica para as forças iraquianas, depois da proclamação de Baghdadi. Desde então, o Daesh tem vindo a perder território e militantes, acreditando-se que Baghdadi viva escondido em vilas controladas pelo Daesh, longe dos grandes centros urbanos controlados pelos EUA e Iraque.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo