Crise | Oceânia | Segurança

Austrália vai intensificar a luta contra o Estado Islâmico

bombardeiros

A Austrália vai alargar a ação militar contra o Estado Islâmico (EI), começando intensificar os ataques aéreos contra os recursos de apoio e logística dos militantes do EI no Iraque e na Síria, avançou fonte oficial esta quinta-feira.

“Temos de lutar contra o grupo Estado Islâmico. Acabar com as suas formas de financiamento e propaganda. Para isso precisamos dar às nossas forças os poderes de que precisam para detetar, intercetar, deter e atingir os alvos. O sucesso requer leis fortes, poderes modernos e sobretudo, unidade social”, reforçou o primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull.

Desde 2014 que a Austrália faz parte da coligação liderada pelos Estados Unidos na luta contra os extremistas.

Com cerca de 780 elementos da Defesa no Oriente Médio apoiando a sua operação contra o EI, a Austrália tem estado especialmente ativa no Iraque. No Iraque conta com 400 efetivos no Grupo de Trabalho Aéreo que são apoiados por seis F/A-18 Hornets, empenhados em missões de bombardeamentos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo