Sahel | Segurança

Dois mortos em duplo ataque suicida num campo de refugiados no Niger

Boko-Haram

Duas pessoas morreram e pelo menos 11 ficaram feridas num atentado suicida realizado por duas mulheres no campo de refugiados Kabelawa, no sudeste do Níger.

Segundo a Agência Efe que cita fontes de segurança, as duas mulheres aproveitaram um momento de relaxamento da vigilância policial para entrar no campo e fazer detonar os cintos de explosivos.

“Desde que começaram os ataques do grupo terrorista Boko Haram na região, é a primeira vez que um campo de refugiados é o alvo de um atentado suicida”, notou Hamadou Boubacar, um ativista humanitário residente em Diffa, em declarações telefónicas à agência EFE.

A insurgência do Boko Haram começou no nordeste da Nigéria e estendeu-se para o Chade, Camarões e Níger, reivindicando mais de 20 mil mortos e deslocando 2,6 milhões de pessoas. O grupo cada vez mais utiliza mulheres e meninas nos ataques suicidas.

O ataque ocorreu numa altura em que as autoridades regionais, em coordenação com o governo do Níger, decidiram acelerar as medidas relacionadas com o estado de emergência declarado no país em 2015 e que tem sido renovado de três em três meses.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo