Sahel

Parlamento maliano sem energia elétrica devido ao não pagamento de faturas

AssemMali

Devido ao não pagamento das faturas de energia elétrica, a EDM (Energia do Mali) decidiu cortar a eletricidade ao Parlamento maliano.

Segundo o gestor das grandes contas da EDM, Harouna Dembélé, o Parlamento ainda deve algumas faturas de 2012 e 2013. Quanto a 2015 nenhuma fatura foi paga e em 2016 o Parlamento deixou de pagar as faturas a partir de agosto. No total a assembleia maliana deve à EDM cerca de 203 milhões Francos CFA (309 mil euros).

“Enviamos vários pré-avisos de corte de energia à Assembleia, que não reagiu” disse Dembélé.

O orçamento de 2017 destinado ao funcionamento da Assembleia maliana é estimado em 15 mil milhões francos CFA (cerca de 23 milhões Euros), dos quais 591 milhões (900 mil Euros) deveriam estar reservados às comunicações e energia.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo