Nacional

O caça-minas português “Roberto Ivens” desapareceu há 100 anos

robrto ivens

Esta quarta-feira, assinala-se o centenário do desaparecimento do Caça-minas Roberto Ivens e a cerimónia realiza-se a bordo fragata Bartolomeu Dias, com embarque no Cais da Rocha Conde de Óbidos, em Alcântara.

O caça-minas português Roberto Ivens foi um dos navios civis requisitados pela Armada Portuguesa para incorporar nos seus serviços, a 19 de abril de 1916, e foi também o primeiro navio da Armada Portuguesa a perder-se durante a Primeira Guerra Mundial. Afundou a 26 de julho de 2017 e levou consigo 15 dos 22 elementos da tripulação. Desaparecido há quase 99 anos, foi descoberto o ano passado, a 9 de março de 2016.

A cerimónia dos 100 anos do desaparecimento do navio Roberto Ivens conta com a presença do ministro da Defesa português, José Alberto Azeredo Lopes.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo