Nacional | Politíca

Presidente da República diz que 2017 tem de ser o ano do crescimento económico

marcelo-rebelo-de-sousa

Na mensagem de Ano Novo, Marcelo Rebelo de Sousa descreveu 2016 como o ano da “gestão do imediato” e desejou mais “crescimento económico” em 2017.

“2016 foi o ano da gestão do imediato da estabilização política e da preocupação com o rigor financeiro. 2017 tem que ser o ano da gestão a prazo e da definição de uma estratégia de crescimento económico sustentado”, afirmou o Presidente da República na sua mensagem de Ano Novo.

O Chefe de Estado considerou “indesmentível” a existência de “estabilidade social e política”, referindo o acordo sobre o salário mínimo, a aceitação de dois Orçamentos do Estado pela União Europeia, o cumprimento das obrigações internacionais, o reforço do sistema bancário e a compensação a alguns dos mais atingidos pela crise.

“O caminho para 2017 é muito simples – não perder o que de bom houve em 2016 e corrigir o que falhou no ano passado. Não perder estabilidade política, paz e concertação, rigor financeiro, cumprimento de compromissos externos, maior justiça social, formação aberta ao mundo, proximidade entre poder e povo”, defendeu.

“Entrámos em 2016 a temer o pior. Saímos a pensar que somos capazes do melhor. No entanto ficou muito por fazer: crescimento tardio e insuficiente e a dívida pública permanecem muito elevados”, insistiu.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo