Estreia “Calígula morreu. Eu não” no D. Maria II, uma coprodução que junta Portugal e Espanha

“Calígula morreu. Eu não“, espetáculo com encenação de Marco Paiva e texto da dramaturga espanhola Clàudia Cedó, chega à Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II no próximo dia 25 de junho, onde ficará em cena até dia 4 de julho.

Uma copodução do Teatro Nacional D. Maria II e do Centro Dramático Nacional, em Madrid, com produção da Terra Amarela, “Calígula morreu. Eu não” é um espetáculo que reúne uma equipa portuguesa e espanhola e é interpretado em quatro línguas: português, castelhano, Língua Gestual Portuguesa e Língua Gestual Espanhola.

Marco Paiva dirige um elenco com intérpretes das duas nacionalidades e com e sem deficiência, composto por Ángela Ibáñez, André Ferreira, Fernando Lapeña, Jesús Vidal, Luís Garcia, Maite Brik, Paulo Azevedo e Rui Fonseca.

A estreia global da peça aconteceu a 19 de maio, no Teatro María Guerrero, no Centro Dramático Nacional. Agora é a vez de Lisboa receber o espetáculo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Frelimo preocupada com acidentes de viação

Moçambique: Frelimo preocupada com acidentes de viação

O secretário-geral da Frelimo, Roque Silva, declarou que a prevenção dos acidentes de viação e o combate à Covid-19 devem ser reforçados. Isto porque, segundo o…
Portugal regista mais 3.194 infetados por covid-19 e ultrapassa os 900 mil casos desde o início da pandemia

Portugal regista mais 3.194 infetados por covid-19 e ultrapassa os 900 mil casos desde o início da pandemia

O boletim epidemiológico, divulgado pela Direção Geral da Saúde esta sexta feira, refere que o número de casos confirmados de…
Presidente da Guiné-Bissau pede melhor tratamento para guineenses em Cabo Verde

Presidente da Guiné-Bissau pede melhor tratamento para guineenses em Cabo Verde

O chefe de Estado da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, considerou “inaceitável” que houvesse rumores de guineenses barrados à entrada dos aeroportos em Cabo Verde, país onde se…
Timor-Leste: Dirigentes querem demissão de vice-primeira-ministra

Timor-Leste: Dirigentes querem demissão de vice-primeira-ministra

Dirigentes políticos timorenses defenderam nesta sexta-feira, 09 de julho, que a vice-primeira-ministra, Armanda Berta dos Santos, deveria demitir-se por motivos de “ética política”.  A…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin