OEI e CPLP com inscrições abertas para segunda edição do “Atelier Poético”

A Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) anunciou, no dia 5 de maio, data em que se celebrou o Dia Mundial da Língua Portuguesa, o lançamento da convocatória para a segunda edição do Atelier Poético, que conta com o apoio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Nesta segunda edição, segundo informações dos membros organizados, serão apoiadas residências artísticas de poetas residentes ou naturais de países membros da OEI e da CPLP, em formato presencial, diferentemente da primeira edição, quando todas as residências foram realizadas virtualmente.

O projeto de residências artísticas, organizado pela Direção-Geral de Multilinguismo e Promoção das Línguas Portuguesa e Espanhola da OEI com o apoio da CPLP, é destinado a “promover experiências de criação colaborativa em torno da expressão poética em todas as suas dimensões, fazendo do intercâmbio entre criadores e públicos de diferentes línguas uma forma de avançar para sociedades plurais e inclusivas”.

Estas residências artísticas visam à “promoção da criação poética e a mobilidade internacional de poetas/artistas”. Os beneficiários das residências poderão deslocar-se ao país de destino (selecionado dentre os oferecidos no âmbito do Atelier Poético) com todas as despesas de deslocamento e alojamento pagas e, durante a residência, de sete dias, explorar as possibilidades criativas da coexistência de português e espanhol por meio das oficinas partilhadas entre os artistas em residência e os grupos de jovens do país de acolhimento.

Dedicada à Diversidade, nesta edição poderão candidatar-se artistas maiores de idade, residentes ou naturais de países membros da OEI e da CPLP. Para isso, deverão apresentar uma peça da sua autoria dedicada à Diversidade e em formato e suporte aberto, em qualquer forma de expressão: texto, palavra falada, poesia visual, áudio lírico, ações poéticas, intervenções em espaços públicos, slam poetry, rap ou outras manifestações. Os candidatos deverão apresentar também um projeto de oficina de cocriação com jovens, a desenvolver na residência artística de acolhimento, mantendo o eixo temático da diversidade, especificando: público-alvo, cronograma de atividades para uma semana de residência, requisitos técnicos.

O Atelier Poético é um programa de residências artísticas que procura “estimular a criatividade, a convivência e a cooperação entre línguas, culturas e cidadãos da Ibero-América e da CPLP”. Pretende-se “promover um espaço de criação contemporânea e uma oportunidade de explorar as possibilidades criativas da coexistência entre as duas línguas – português e espanhol – em oficinas de cocriação entre os poetas em residência e grupos de jovens do país de acolhimento”.

O prazo para apresentação de candidaturas começa às 15h de 05 de maio de 2023 e termina às 15h do dia 31 de agosto de 2023. Os candidatos selecionados para passar à fase seguinte serão anunciados no dia 30 de setembro deste ano. Conheça todas as condições da candidatura, documentação de candidatura, procedimentos e critérios de seleção na página oficial da OEI, em:

https://oei.int/pt/escritorios/secretaria-geral/atelier-poetico-residencias-virtuales-en-movimiento/convocatoria

Ígor Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

O Governo japonês disponibilizou cerca de 170 mil dólares a Moçambique para a aquisição de cinco viaturas destinadas ao Serviço…
Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

A vice-governadora provincial para o setor Político, Social e Económico de Benguela, Lídia Amaro, afirmou que 593 ex-militares foram reintegrados…
Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

O Banco Mundial prevê que Timor-Leste registe um crescimento económico de 4,1% em 2024 e 2025, através do alívio das…
UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…