OPEP+ aumenta produção de petróleo a partir de fevereiro

O grupo de alguns dos maiores produtores de petróleo do mundo concordou esta terça-feira em manter o aumento planeado para a produção de petróleo a partir de fevereiro.

A OPEP e seus aliados não-OPEP, conhecidos coletivamente como OPEP +, decidiram aumentar a meta de produção em 400.000 barris por dia a partir do próximo mês. A mudança era amplamente esperada, dada a pressão dos EUA para aumentar o fornecimento.

Liderada pela Arábia Saudita e pela Rússia, não pertencente à OPEP, a aliança de energia está em processo de redução dos cortes recordes de cerca de 10 milhões de barris por dia. O corte histórico de produção foi estabelecido em abril de 2020 para ajudar o mercado de energia depois da pandemia de coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin