Dicas | Vida

A Capital do Natal abre ao público sexta-feira, no Passeio Marítimo de Algés

A Capital do Natal decorre de 29 de novembro a 12 de janeiro, no Passeio Marítimo de Algés. Este evento, que é inspirado na Lapónia, a terra do Pai Natal, que apoiou, desde logo a iniciativa, é uma verdadeira experiência imersiva que transporta os visitantes para aquela geografia, através de vários espetáculos e atrações.

Para Rui Madureira, um dos fundadores do projeto, “o objetivo não era criar um parque de Natal igual aos que já existem, mas sim partilhar com os visitantes os valores do Natal, a Alegria, a Generosidade, a Harmonia e a Coragem. É por isso que estamos a criar várias experiências através de diferentes atrações, que transmitem a essência desta época. O espírito do Natal vai estar aqui e queremos contagiar todos”.

Apesar de existirem várias atrações que tornam a Capital do Natal tão especial, todo o parque é um espetáculo a céu aberto, com uma forte componente cénica. O Palácio dos Guardiões da Neve é o sítio mágico que vai proporcionar uma das experiências mais intensas: brincar com neve real e conhecer o ártico. Para produzir neve real, a organização recorreu a uma equipa de especialistas finlandeses. Dentro do Palácio, vai ser possível ver várias esculturas em gelo esculpidas por profissionais russos. Neste espaço as temperaturas podem chegar aos -2ºC. Os visitantes deverão vir preparados para o frio, tal como se estivessem na Lapónia.

Mas a interação com o gelo não fica por aqui. Fora do Palácio, vai ser possível patinar, com vista para um lago com 3.000 m2, na maior pista de gelo real que alguma vez esteve em Portugal, com 1.000 m2. Os elfos, que vão estar um pouco por todo o parque a partilhar com os humanos o segredo do Espírito de Natal, são outra das vertentes imersivas e outro dos pontos-chave da Capital do Natal, pois vão interagir em “élfico” com os visitantes pelo recinto, tornando a experiência ainda mais rica.

Pela primeira vez em Portugal, no Espelho Mágico dos Sonhos (lago gigante), vamos poder assistir a um fabuloso watershow, produzido pelos maiores especialistas mundiais. “A mesma entidade que produz para a Disney, Dubai ou Vegas”.

Além destas novidades, são várias as atrações que a Capital do Natal tem para oferecer, como é o caso da Montanha do Vento Corajoso, a maior do país, com doze pistas de snowtubing e com diferentes níveis de dificuldade, permitindo o usufruto e diversão para toda a família. Os visitantes, principalmente os mais pequenotes, vão poder ainda realizar atividades no Bosque dos Elfos, num ambiente acolhedor e élficamente divertido.

E porque parte da missão da Capital do Natal passa por reacender a chama do Natal, foi criada uma árvore que, mais do que um símbolo, resume a essência do espaço. Com 20 metros de altura, permite a interação com o público centralizando o conceito central do parque, O Tempo Infinito, a ideia de que as pessoas guardam na memória as suas melhores experiências e sensações, independentemente do tempo que duram. “Nós tivemos o sonho de criar o Natal verdadeiro. Não estamos apenas a criar um parque temático ou um mercado de Natal, o nosso objetivo é contar uma história e fazer com que todos os visitantes vivam essa história. Assim, quem colecionar os vários cristais mágicos espalhados pelo parque, que representam a Alegria, a Generosidade, a Harmonia e a Coragem, vai conseguir dar vida à árvore gigante, e esta vai interagir com as pessoas. Tudo isto faz parte da experiência imersiva associada à Capital do Natal.”, explica Rui Madureira.

Porque o Natal é para partilhar com todos, foram disponibilizados bilhetes para um passatempo com escolas de todo o país. “Além de proporcionar experiências, o objetivo da Capital do Natal é transmitir e reacender os valores do Natal, que têm vindo a ser um pouco esquecidos. Esse é também o nosso propósito. Se em 1000 crianças, uma for impactada pelos valores da Capital do Natal, então a nossa missão está cumprida.”

A Capital do Natal vai ainda disponibilizar uma área para organização de eventos corporativos, o Capitólio da União, para que as empresas possam ativar propostas diferentes para os seus stakeholders ou para ações de Team Building.

Os passaportes (bilhetes) dão acesso a todas as atrações do parque já estão à venda no website oficial da Capital do Natal, apresentando várias modalidades para adultos, crianças e famílias. O parque estará aberto de segunda a quinta-feira, das 12h às 23h, à sexta e sábado, das 10h às 24h, e aos domingos, das 10h às 23h. Durante o evento, e em parceria com a SIC Esperança, estará a decorrer uma campanha de responsabilidade social para apoiar um projeto de forte impacto social.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo