Angola e República Democrática do Congo livres da Febre-amarela

Em declarações à imprensa a diretora regional da Organização Mundial de Saúde (OMS) para África, Matshidiso Moeti, anunciou que Angola e a República Democrática do Congo (RDC) estão livres da febre-amarela.

A diretora da OMS destacou em Brazzaville (RDC) os esforços feitos pelas autoridades nacionais dos dois países como também dos trabalhadores da área da saúde e os parceiros no combate a uma epidemia que num ano foi causadora da morte de 392 pessoas.

Angola foi o primeiro país a declarar-se livre da doença a 23 de dezembro enquanto a RDC só o declarou em Janeiro. A vacinação da população foi considerada a razão principal para pôr termo ao flagelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin