Ciência

2020 e 2016 foram os anos mais quentes desde que há registo

calor;

2020 e 2016 foram os anos mais quentes desde que há registos, anunciaram os cientistas da NASA e da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional em 14 de janeiro.

Com base nos dados de temperatura do oceano obtidos através de bóias, flutuadores e navios, e de dados de temperaturas medidas em terra em estações meteorológicas de todo o mundo, as agências dos EUA conduziram análises independentes e chegaram a uma conclusão semelhante.

A análise da NASA mostrou que 2020 foi um pouco mais quente que 2016. Mas as diferenças nessas avaliações estão dentro das margens de erro, “então é efetivamente um empate estatístico”, refere o climatologista da NASA, Gavin Schmidt.

O mais preocupante é que estas classificações “não contam a história toda”. “Os últimos seis a sete anos realmente destacam-se acima do resto dos registos, sugerindo um aquecimento rápido. (E) cada uma das últimas quatro décadas foi mais quente do que a anterior.”

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo