Teresa Barata

3 milhões de euros para formar futuros investigadores em Meteorologia Espacial e Física Solar

Oito universidades e empresas europeias juntaram-se para estabelecer um programa de doutoramento único em Space Weather (Meteorologia Espacial) na Europa, no âmbito do projeto SWANET – Space Weather Awareness Training Network- que acaba de conquistar três milhões de euros de financiamento do programa H2020.

A Universidade de Coimbra é a instituição de ensino superior portuguesa que participa no consórcio, através dos departamentos de Física (DF) e de Matemática (DM) e do Centro de Investigação da Terra e do Espaço (CITEUC) da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC).

O SWANET, com a duração de quatro anos, vai centrar-se na formação da próxima geração de investigadores em Meteorologia Espacial e Física Solar, combinando investigação e transferência de conhecimento para benefício da sociedade, tendo em conta que a área de Space Weather tem um forte impacto em setores económicos como a aviação, sinais de GNSS (Sistemas Globais de Navegação por Satélites), redes elétricas, entre outros.

Os jovens investigadores vão frequentar um programa doutoral na universidade para a qual se candidatam, mas a investigação para a tese de doutoramento inclui intercâmbio entre as universidades envolvidas no consórcio e as empresas.

A equipa da FCTUC, para além da formação no programa doutoral, vai também ser responsável pelo «desenvolvimento de novos métodos de análise da atividade solar, que permitam monitorizar a atividade do Sol que poderá beneficiar determinados setores económicos», refere Teresa Barata, coordenadora do projeto em Portugal.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: PR quer reflexão sobre resultados das reformas legislativas dos últimos anos

Cabo Verde: PR quer reflexão sobre resultados das reformas legislativas dos últimos anos

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, considera necessário fazer “uma reflexão séria e isenta sobre os…
Angola: UNITA considera "injusta" proposta de Lei da Amnistia 

Angola: UNITA considera "injusta" proposta de Lei da Amnistia 

A UNITA considera a proposta de Lei da Amnistia “discriminatória e injusta”, uma vez que a mesma tem “zonas cinzentas”.…
NATO diz que não haverá "paz duradoura" na Ucrânia se Rússia vencer

NATO diz que não haverá "paz duradoura" na Ucrânia se Rússia vencer

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, declarou nesta sexta-feira, 25 de novembro, que não vai haver “paz duradoura” na Ucrânia…
Revista de Imprensa Lusófona de 25 de novembro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 25 de novembro de 2022

O portal do Governo de Moçambique escreve que o “PM fala na Cimeira extraordinária da UA sobre industrialização”. A “Folha…