Ciência

Alterações climáticas colocam centenas de aeroportos costeiros em risco de inundação

Um grupo de cientistas concluiu que 269 aeroportos correm o risco de inundações costeiras. Um aumento de temperatura de 2ºC – consistente com o Acordo de Paris – irá levar a que 100 aeroportos fiquem abaixo do nível médio do mar e 364 aeroportos fiquem em risco de inundação. Se o aumento da temperatura média global exceder esse valor, ficarão em risco 572 aeroportos até 2100.

Os investigadores da Universidade de Newcastle analisaram mais de 14 mil aeroportos classificando-os tendo em conta a probabilidade de inundações pela subida do nível das águas do mar, o nível de proteção contra inundações e os impactos em termos de interrupção do voo.

Os resultados, publicados na revista Climate Risk Management, referem que na lista dos 20 aeroportos com maior risco estão aeroportos na Europa, América do Norte e Oceania, bem como no Leste e Sudeste Asiático e no Pacífico.

Um dos cientistas, Richard Dawson referiu que: “Esses aeroportos costeiros são desproporcionalmente importantes para a rede global de companhias aéreas e, em 2100, entre 10 e 20% de todas as rotas estarão em risco de interrupção. O aumento do nível do mar, portanto, representa um sério risco para os movimentos globais de passageiros e carga. com um custo considerável de danos e interrupções.”

“Além disso, alguns aeroportos, por exemplo, em ilhas baixas, desempenham um papel crítico no em termos económicos, sociais e médicos”, ressalvou ainda o investigador.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo