Alterações climáticas estão a acelerar a degradação da arte rupestre

A degradação da arte rupestre na Indonésia pode estar a acelerar por causa das alterações climáticas.

Maros-Pangkep, um complexo de cavernas na Indonésia, contém pinturas paleolíticas que têm entre 20.000 e 45.000 anos, incluindo um dos mais antigos pinturas conhecidas no mundo. Relatórios das últimas décadas sugerem que as pinturas estão a degradar-se a um ritmo acelerado. Para investigar esta situação, Jillian Huntley da Griffith University na Austrália reuniu uma equipa para analisar as pinturas na rocha em 11 cavernas de Maros-Pangkep.

Os investigadores encontraram um alto nível de enxofre nos 11 locais, bem como um acúmulo de sulfato de cálcio e sais de cloreto de sódio em três dos locais. Os sais presentes naturalmente na rocha formam cristais num processo denominado eflorescência de sal, que costuma ocorrer em ambientes húmidos.

Os cristais expandem-se e contraem-se com a temperatura e a humidade, exercendo uma pressão mecânica sobre a rocha que pode levá-la a descamar e fragmentar, danificando qualquer arte pintada na superfície.

Esta descoberta indica que a degradação da arte rupestre impulsionada pelo sal é generalizada em Maros-Pangkep. “É um clima de monções então, naturalmente, este é um ambiente perfeito para a formação de sais”, diz Huntley.

Os investigadores sugerem que o aumento da severidade e frequência das secas induzidas pelo El Niño – resultado das alterações climática que levou a mais dias secos consecutivos e temperaturas mais altas – bem como a humidade durante a estação das monções forneceram as condições ideais para acelerar a degradação das pinturas rupestres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde tem mais de nove mil idosos a sofrer pobreza extrema

Cabo Verde tem mais de nove mil idosos a sofrer pobreza extrema

Os dados do Cadastro Social Único (CSU), divulgados pela Secretária de Estado para a Inclusão Social, Lídia Lima, indicam que…
Angola: BNA reduz taxa de juro base

Angola: BNA reduz taxa de juro base

O Comité de Política Monetária do Banco Nacional de Angola (BNA) reduziu a taxa de juro base em 0,5%. Esta passou…
ONU avisa sobre risco de conflito e mais pobreza no Afeganistão

ONU avisa sobre risco de conflito e mais pobreza no Afeganistão

O representante especial adjunto do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Afeganistão, Markus Potzel, afirmou que a…
NATO considera anexação de territórios "a mais séria escalada" da guerra

NATO considera anexação de territórios "a mais séria escalada" da guerra

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, afirmou nesta sexta-feira, 30 de setembro, que a anexação dos territórios ucranianos à Rússia representa…