Ciência

Arqueólogos israelenses encontram inscrições cristãs com 1.500 anos

Uma inscrição com 1.500 anos onde se lê “Cristo, nascido de Maria” foi descoberta por uma equipa de arqueólogos da Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA).

A inscrição cristã primitiva, escrita em grego antigo, foi encontrada na aldeia de et-Taiyiba, no vale de Jezreel, e faz parte da moldura de uma porta da entrada de uma igreja do período bizantino.

“É uma inscrição dedicatória que foi gravada durante a construção dos alicerces da igreja”, disse Leah Di-Segni, a investigadora do Instituto de Arqueologia da Universidade Hebraica de Jerusalém que decifrou o texto.

“Está escrito: “Cristo nasceu de Maria. Esta obra do bispo mais temente a Deus e piedoso (Theodo)sius e do miserável Th(omas) foi construída desde a fundação. Quem entra deve orar por eles” ”

“A fórmula “Cristo, nascido de Maria” pretendia proteger do mau-olhado e era commumente usada no início das inscrições e documentos da época. Cristo (Christos em grego, ou ‘Messias’) refere-se a Jesus.” explica a investigadora.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo