Cientistas afirmam estar perto de acabar com as constipações

Um grupo de cientistas das Universidades de York, Leeds e Helsínquia afirmam que podem estar perto de acabar de vez com o vírus comum que causa as constipações.

O trabalho baseia-se numa descoberta feita em 2015, quando cientistas das universidades de Leeds e York, no Reino Unido, identificaram um conjunto de sinais “codificados” no vírus de uma planta, similar à estrutura do vírus que nos humanos causa doenças como a meningite.

Os resultados publicados esta semana na revista Nature Communications, revelam um “código oculto” no genoma do parechovirus humano, da família dos picornavírus (pequenos vírus ARN – propensos a mutações genéticas). Até então os cientistas assumiam que os sinais do vírus estavam localizados numa única área do genoma, mas este estudo sugere que o mecanismo se encontra em locais dispersos.

Esse código é o mesmo em todas as estirpes do vírus da constipação, por isso a solução, agora mais perto que nunca de ser encontrada, é desativar totalmente esse mecanismo viral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: OE 2022 aprovado sem apoio da oposição

Cabo Verde: OE 2022 aprovado sem apoio da oposição

A proposta de lei que aprova o Orçamento do Estado (OE) para 2022 foi aprovada na generalidade com 38 votos…
Presidente de Portugal considera positiva visita a Angola

Presidente de Portugal considera positiva visita a Angola

O Presidente da República de Portugal fez neste domingo, 28 de novembro, um balanço positivo da visita de dois dias…
Afeganistão: Talibãs voltam a pedir ajuda à Europa

Afeganistão: Talibãs voltam a pedir ajuda à Europa

Os talibãs apelaram à Europa para que se mantivesse em operação os aeroportos do Afeganistão. O pedido foi feito em conversas com representantes da União…
Revista de Imprensa Lusófona de 29 de novembro de 2021

Revista de Imprensa Lusófona de 29 de novembro de 2021

No Brasil o “Estadão” destaca que a “Falta de verba trava perícias do INSS [Instituto Nacional do Seguro Social] em ações judiciais”. A…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin