Desmatamento aumenta risco de inundações repentinas em cidades costeiras da África Ocidental

Um estudo do Centro de Ecologia e Hidrologia do Reino Unido (UKCEH) revelou que a frequência de tempestades duplicou na África Ocidental nos últimos 30 anos, principalmente ligadas a alterações no uso do solo.

A pesquisa revelou que a atividade frequente de tempestades em áreas costeiras é uma forma, até então desconhecida, pela qual o desmatamento pode aumentar as inundações. 

O estudo analisou três décadas de dados de satélite no sul da África Ocidental para estabelecer como os padrões climáticos foram alterados como resultado do desmatamento, através de mudanças no aquecimento e humidade da atmosfera.

Os investigadores descobriram que a remoção de grandes áreas de floresta exacerbou muito os efeitos do aquecimento global nas áreas costeiras da região, que inclui Guiné, Serra Leoa, Libéria, Costa do Marfim, Gana e Nigéria. Em áreas desmatadas, a frequência das tempestades dobrou desde 1991, enquanto o aumento nas áreas florestadas foi de cerca de 40 por cento.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Rússia: Mães lançam petição para protegerem filhos da guerra

Rússia: Mães lançam petição para protegerem filhos da guerra

Um grupo de mães de soldados russos decidiu unir-se a um grupo ativista para lançar uma petição online onde é…
Revista de Imprensa Lusófona de 28 de novembro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 28 de novembro de 2022

A “Agência Brasil” publica “Eleitores de seis cidades voltaram às urnas hoje”. Já “O Globo” tem em destaque “De volta…
STP: Presidente da República quer conhecer razões e motivações de alegada tentativa de golpe de Estado

STP: Presidente da República quer conhecer razões e motivações de alegada tentativa de golpe de Estado

O presidente da República admitiu que “a dimensão do ato não é completamente conhecido”. Carlos Vila Nova apelou a todas…
Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…