Emissões de carbono já estão a voltar aos níveis pré pandemia

As emissões provenientes da queima de combustíveis fósseis diminuíram 17% em relação ao ano anterior durante o pico do confinamento, em Abril deste ano. No entanto, no início de Junho voltaram a aumentar e ficaram 5% abaixo dos níveis de 2019, indica um relatório da United in Science, publicado na passada quarta-feira.

Embora as emissões globais tenham caído bastante este ano, devido à pandemia, a queda não vai abrandar as alterações climáticas e os próximos cinco anos deverão ser o período mais quente de que há registo, de acordo com o relatório, coordenado pela Organização Meteorológica Mundial (OMM).

“As concentrações de gases com efeito de estufa – que já se encontram nos seus níveis mais elevados em 3 milhões de anos – continuaram a aumentar”, refere o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas. “Embora muitos aspectos das nossas vidas tenham sido perturbados em 2020, as alterações climáticas continuaram sem diminuir”, sublinhou.

As emissões de carbono vão cair este ano entre 4 a 7%, em comparação com 2019, de acordo com o Global Carbon Project, um dos colaboradores do relatório. É a primeira queda desde 2016, mas terá apenas um ligeiro impacto na concentração de gases com efeito de estufa na atmosfera.

Em comparação, no ano passado, as emissões globais foram de 36,7 mil milhões de toneladas métricas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



Artigos relacionados

Cabo Verde: Santo Antão sofreu redução “drástica” de turistas

Cabo Verde: Santo Antão sofreu redução “drástica” de turistas

A ilha cabo-verdiana de Santo Antão registou uma redução “drástica” no número de turistas em 2020, uma vez que foram contabilizados apenas 12.620 no ano passado. Este…
Moçambique: BM faz previsão económica positiva para o país

Moçambique: BM faz previsão económica positiva para o país

O Banco Mundial (BM) prevê que a economia moçambicana recupere gradualmente ainda neste ano de 2021. No entanto, alerta para os riscos significativos de uma queda, devido à incerteza sobre o caminho…
Timor-Leste: Ministério Público tem 2.577 processos pendentes

Timor-Leste: Ministério Público tem 2.577 processos pendentes

O Procurador-Geral da República de Timor-Leste, Alfonso Lopez, informou que o Ministério Público registou 2.577 casos pendentes a nível nacional. O anúncio foi…
Estreia "Calígula morreu. Eu não" no D. Maria II, uma coprodução que junta Portugal e Espanha

Estreia "Calígula morreu. Eu não" no D. Maria II, uma coprodução que junta Portugal e Espanha

“Calígula morreu. Eu não“, espetáculo com encenação de Marco Paiva e texto da dramaturga espanhola Clàudia Cedó, chega à Sala…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin