Ciência

Fóssil bem preservado de tubarão do período jurássico desenterrado na Alemanha

Uma equipe internacional de paleontólogos da Áustria e da Suíça descobriu um esqueleto excepcionalmente bem preservado de Asteracanthus ornatissimus , uma espécie de tubarão hipodontiforme que viveu cerca de 150 milhões de anos atrás (período jurássico), nos famosos calcários de Solnhofen, na Alemanha.

“ Os tubarões hipodontiformes são os parentes mais próximos dos tubarões e raias modernos”, refere Sebastian Stumpf da Universidade de Viena.

“O seu tamanho corporal variava de alguns centímetros a aproximadamente 3 metros de comprimento máximo, o que, consequentemente, torna o Asteracanthus um dos maiores representantes de seu grupo e de sua época. Em contraste, os tubarões e raias modernos, só atingiram um tamanho corporal de até 2 metros de comprimento máximo em casos muito raros.”

Os paleontólogos examinaram um novo esqueleto excepcionalmente bem preservado de Asteracanthus ornatissimus, com dentição e espinhos de barbatanas, dos calcários de Solnhofen.

“ Asteracanthus certamente não foi apenas um dos maiores peixes cartilaginosos de sua época, mas também um dos mais impressionantes.” Os resultados foram publicados na revista Papers in Palaeontology.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo