Investigadores criam método para prevenir terremotos causados ​​pela indústria de petróleo e gás

Investigadores conseguiram aplicar em campo, um novo modelo que poderá reduziu terremotos derivados de processos de petróleo e gás.

Quando os humanos bombeiam grandes volumes de fluido para o solo, podem causar terremotos potencialmente prejudiciais, dependendo da geologia subjacente. Este tem sido o caso em certas regiões produtoras de petróleo e gás, onde águas residuais, muitas vezes misturadas com petróleo, são descartadas por injeção no solo – um processo que desencadeou eventos sísmicos consideráveis ​​nos últimos anos.

Agora, os pesquisadores do MIT, desenvolveram um método para gerir essa sismicidade induzida por humanos, e demonstraram que a técnica reduziu com sucesso o número de terremotos que ocorrem num campo de petróleo ativo.

Os resultados, publicados em 28 de julho de 2021, na Nature, podem ajudar a mitigar terremotos causados ​​pela indústria de petróleo e gás, não apenas da injeção de água residual produzida pelo petróleo, mas também aquela produzida a partir de “fraturamento” hidráulico.

A abordagem da equipa também pode ajudar a prevenir terremotos de outras atividades humanas, como o enchimento de reservatórios de água e aquíferos, e o sequestro de dióxido de carbono em formações geológicas profundas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Líder do MDM desmente tensão com José Domingos

Moçambique: Líder do MDM desmente tensão com José Domingos

O presidente do MDM, Lutero Simango, desmentiu publicamente as desavenças com o secretário-geral do partido, José Domingos. Segundo o dirigente, não existe um ambiente turvo entre…
Angola: JES defende diálogo com Costa Júnior

Angola: JES defende diálogo com Costa Júnior

O ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos defende um diálogo com o líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior. O antigo governante…
Timor-Leste: MTC vai rever lei de importação de veículos

Timor-Leste: MTC vai rever lei de importação de veículos

O ministro dos Transportes e Comunicações (MTC), José Agustinho da Silva, concordou com o pedido feito pela Autoridade Aduaneira sobre rever a…
Afeganistão: Talibãs garantem educação e emprego para as mulheres

Afeganistão: Talibãs garantem educação e emprego para as mulheres

O governo talibã no Afeganistão quer dar às mulheres o acesso à educação e emprego e conseguir “a misericórdia e compaixão” internacional para…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin