Investigadores criam método para prevenir terremotos causados ​​pela indústria de petróleo e gás

Investigadores conseguiram aplicar em campo, um novo modelo que poderá reduziu terremotos derivados de processos de petróleo e gás.

Quando os humanos bombeiam grandes volumes de fluido para o solo, podem causar terremotos potencialmente prejudiciais, dependendo da geologia subjacente. Este tem sido o caso em certas regiões produtoras de petróleo e gás, onde águas residuais, muitas vezes misturadas com petróleo, são descartadas por injeção no solo – um processo que desencadeou eventos sísmicos consideráveis ​​nos últimos anos.

Agora, os pesquisadores do MIT, desenvolveram um método para gerir essa sismicidade induzida por humanos, e demonstraram que a técnica reduziu com sucesso o número de terremotos que ocorrem num campo de petróleo ativo.

Os resultados, publicados em 28 de julho de 2021, na Nature, podem ajudar a mitigar terremotos causados ​​pela indústria de petróleo e gás, não apenas da injeção de água residual produzida pelo petróleo, mas também aquela produzida a partir de “fraturamento” hidráulico.

A abordagem da equipa também pode ajudar a prevenir terremotos de outras atividades humanas, como o enchimento de reservatórios de água e aquíferos, e o sequestro de dióxido de carbono em formações geológicas profundas.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

O diário de Anne Frank regressa em 2023

O diário de Anne Frank regressa em 2023

Depois de uma temporada de 4 meses no Teatro da Trindade INATEL e com mais de 30 mil espectadores, o…
Angola: Consulado de Portugal abre agendamento para pedido de vistos

Angola: Consulado de Portugal abre agendamento para pedido de vistos

Consulado Geral de Portugal em Luanda anunciou a abertura, no próximo mês de fevereiro, de agendamento para pedido de vistos.…
Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

As autoridades timorenses distribuíram cestas básicas a menos de metade dos beneficiários previstos durante os primeiros seis meses de implementação…
Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

A Assembleia Nacional de Cabo Verde aprovou na especialidade, por proposta do Governo, as novas alterações ao diploma que aperta…