Investigadores criam unidade de produção de combustível para aeronaves a partir da luz solar e do ar

Cientistas da ETH Zurich construíram uma unidade que pode produzir combustíveis líquidos neutros em carbono a partir da luz do sol e do ar. O próximo objetivo será levar esta tecnologia à escala industrial e ganhar competitividade. 

Num artigo publicado na revista Nature, os investigadores de Zurique e Potsdam, descrevem como esse novo reator solar funciona e delineiam uma estrutura de política que forneceria incentivos para expandir a produção de “querosene solar”.

Os combustíveis neutros em carbono são cruciais para tornar os transportes aéreos e marítimos sustentáveis. A unidade desenvolvida em Zurique pode ser usada para produzir combustíveis líquidos sintéticos. O CO 2 e a água são extraídos diretamente do ar ambiente e divididos por meio da energia solar. Este processo produz gás de síntese, uma mistura de hidrogénio e monóxido de carbono, que é então processado em querosene, metanol ou outros hidrocarbonetos.

A liderada por Aldo Steinfeld, Professor de Fontes de Energia Renováveis ​​da ETH Zurique, tem operado a minirrefinaria solar no telhado do prédio do Laboratório de Máquinas da ETH em Zurique nos últimos dois anos. “Esta unidade demonstra com sucesso a viabilidade técnica de todo o processo termoquímico para converter a luz solar e o ar ambiente em combustíveis drop-in. O sistema opera de forma estável em condições solares reais e fornece uma plataforma única para pesquisa e desenvolvimento adicionais”, disse Steinfeld. A tecnologia agora está suficientemente madura para uso em aplicações industriais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin