Ásia | Ciência

Japão anuncia descarga de água contaminada de Fukushima

O Japão anunciou esta terça feira que vai avançar com o plano de descarga para o mar de 1,25 milhões de metros cúbicos de água usada para arrefecer a central nuclear de Fukushima, e que está armazenada em mais de 1.440 tanques desde 2011.

O plano é um passo essencial para a desactivação do complexo nuclear, no entanto, a China e a Coreia do Sul já contestaram a decisão considerando ser “extremamente irresponsável”.

Segundo as autoridades japonesas a descarga não ocorrerá de imediato, o plano ainda irá passar por uma fase de testes que deverá durar cerca de dois anos para ser concluída. A água contaminada deverá ser descarregada no mar ao longo de 40 anos.

Sobre a medida há entidades a favor e contra o processo aprovado. “A descarga de água de arrefecimento da central no oceano já é feita noutros lugares do mundo. Não é algo novo”, refere o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atómica, Rafael Grossi. Por outro lado, a Greenpeace alega que o carbono radioativo contido na água armazenada também seria despejado no oceano, “concentrando-se num nível milhares de vezes superior ao do trítio, com o potencial de danificar o ADN humano”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo