Ciência | Nacional

Medalhas de ouro e prata para equipa Portuguesa na Olimpíada Ibero-Americana de Física

A equipa portuguesa que participou na Olimpíada Ibero-Americana de Física, que decorreu de forma remota entre 5 e 13 de dezembro, arrecadou uma medalha de ouro e três medalhas de prata, a melhor participação portuguesa de sempre no evento.

A medalha de ouro foi conquistada por Gabriel Alberto Mourão Almeida (Escola Secundária Santa Maria Maior, Viana do Castelo) e as medalhas de prata por Gabriel do Carmo Rouxinol (Escola Secundária da Gafanha da Nazaré), Pedro Bezerra Roque da Costa (Escola Secundária de Ponte de Lima) e Martim Pinto Paiva (Escola Básica e Secundária Fontes Pereira de Melo, Porto).

Os estudantes também participaram na Olimpíada Internacional Distribuída de Física, uma competição remota que teve lugar entre 7 e 15 de dezembro, e que foi apoiada pelo secretariado da Olimpíada Internacional de Física. Neste evento a equipa portuguesa arrecadou três medalhas de bronze e uma menção honrosa. As medalhas de bronze foram conquistadas por Martim Pinto Paiva, Nuno Gabriel Carvalho Carneiro (Escola Secundária Santa Maria Maior, Viana do Castelo) e Gabriel Alberto Mourão Almeida, e a menção honrosa por Gabriel do Carmo Rouxinol.

A delegação portuguesa reuniu-se para realizar todas estas provas no Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC). «O nível de conhecimentos requeridos para realizar estas provas vai muito para além do programa do secundário de Física, envolvendo por parte dos estudantes imenso esforço e dedicação durante a fase de preparação», explica Rui Travasso, docente da FCTUC envolvido na preparação dos alunos.

 

 

 

 

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo