Plantas do Reino Unido florescem um mês mais cedo devido às alterações climáticas

As alterações climáticas estão a fazer com que as plantas no Reino Unido floresçam, em média, um mês mais cedo, o que pode ter consequências profundas para a vida selvagem, a agricultura e os jardins.

Usando um banco de dados com registos que remontam a meados do século 18, uma equipa de pesquisa liderada pela Universidade de Cambridge descobriu que os efeitos das alterações climáticas estão a fazer com que as plantas no Reino Unido floresçam um mês antes.

Os investigadores basearam a sua análise em mais de 400.000 observações de 406 espécies de plantas do Nature’s Calendar, mantido pelo Woodland Trust, e compararam as primeiras datas de floração com medições instrumentais de temperatura.

A equipa descobriu que a data média da primeira floração de 1987 a 2019 é um mês inteiro antes da data média da primeira floração de 1753 a 1986. O mesmo período coincide com o aquecimento global acelerado causado pelas atividades humanas. Os resultados são relatados na Proceedings of the Royal Society B.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Timor-Leste: PR diz que Brasil pode apoiar na autossuficiência na agricultura

Timor-Leste: PR diz que Brasil pode apoiar na autossuficiência na agricultura

O Presidente da República de Timor-Leste, José Ramos-Horta, partilhou publicamente que o Brasil pode apoiar o seu país a tornar-se…
Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Os deputados do PAICV eleitos por Santo Antão alertaram nesta quinta-feira, 05 de janeiro, para a situação de abandono da…
Mães e crias em migrações pouco pacíficas

Mães e crias em migrações pouco pacíficas

Uma mãe e a sua cria nadam, lado a lado, ao longo da costa numa zona de águas baixas. Depois…
Angola: FNLA fala de planos para 2023

Angola: FNLA fala de planos para 2023

O líder da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), Nimi a Nsimbi, comentou as atividades relevantes para este ano de…