Primeiros testes de vacina contra a Malária avançam em três países africanos

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou que a primeira vacina mundial contra a malária vai ser introduzida no Gana, no Quénia e no Malawi a partir de 2018.

A vacina necessita de quatro doses, uma por mês durante três meses e uma quarta dose 18 meses depois.

Se os ensaios se têm mostrado promissores em ambientes laboratoriais, existem algumas dúvidas quanto à capacidade da vacina no “mundo real”. A OMS vai conduzir directamente estes projectos pilotos para analisar se um programa generalizado de vacinação contra a malária pode ser iniciado.

A organização estima que a vacina tem capacidade para salvar a vida a dezenas de milhares de pessoas em todo o continente africano.

Este programa piloto vai envolver mais de 750 mil crianças entre os cinco e os 17 meses. Nesta faixa etária, a vacina demonstrou nos testes ter capacidade para prevenir quatro em dez casos de malária.

 

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Brasil: Presidente Lula e Geraldo Alckmin recebe alto executivo da União Europeia

Brasil: Presidente Lula e Geraldo Alckmin recebe alto executivo da União Europeia

O presidente da República do Brasil, em exercício, Geraldo Alckmin, encontrou-se com o vice-presidente Executivo da Comissão Europeia, Frans Timmermans,…
Cabo Verde: UCID quer que Governo dê mais atenção aos vigilantes

Cabo Verde: UCID quer que Governo dê mais atenção aos vigilantes

O presidente da UCID, João Santos Luís, desafiou o Governo cabo-verdiano a rever o conceito da segurança privada e, no…
Brasil: Petroleiros querem que Lula trave negociações para interromper privatizações

Brasil: Petroleiros querem que Lula trave negociações para interromper privatizações

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) do Brasil encaminhou ofícios ao chefe da Casa Civil, Rui Costa e ao titular…
Brasil e UE discutem alianças estratégicas em Brasília

Brasil e UE discutem alianças estratégicas em Brasília

A ministra de Estado interina das Relações Exteriores do Brasil, Maria Laura da Rocha, encontrou-se com o vice-presidente Executivo da…