Ciência

Protetores solares estão a matar os recifes de corais

Cientistas da Universidade de York dizem que o impacto ambiental dos protetores solares nos recifes de corais deve ser estudado mais de perto, isto porque os produtos químicos dos filtros ultravioleta têm efeitos tóxicos sobre os organismos marinhos.

É um facto que os recifes de corais estão em declínio e, que estes, normalmente, são muito sensíveis a factores de stress. Os cientistas referem que, em parte, as alterações climáticas e a poluição são responsáveis ​​por esse declínio. No entanto, salientam que os protetores solares têm efeitos nefastos nestes organismos marinhos. Além disso, estes produtos também acabam nos oceanos através dos próprios chuveiros das habitações, em locais onde as instalações de tratamento de água não são eficazes.

Brett Sallach, investigador da universidade de York, está a iniciar um novo estudo para entender o impacto do protetor solar na saúde dos recifes de coral, e refere que “a nossa pesquisa tem como objetivo identificar quais os estudos que existem e quais as suas lacunas. É importante entender quais áreas podem ser consideradas prioritárias para atenção futura, a fim de compreender os impactos desses produtos e, esperançosamente, prevenir qualquer dano adicional ao meio ambiente.”

O investigador saliente que não vamos deixar de usar protetor solar – é absolutamente necessário para a nossa saúde. No entanto, a compreensão dos efeitos negativos dos filtros solares nos ambientes marinhos pode ajudar a criar novos e melhores produtos de proteção solar.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo