Quase 2 milhões de crianças em todo o mundo desenvolvem asma como resultado da poluição relacionada ao tráfego

Quase 2 milhões de novos casos de asma pediátrica a cada ano podem ser causados ​​pela poluição atmosférica relacionado com o tráfego, um problema particularmente importante nas grandes cidades em todo mundo, de acordo com um novo estudo publicado hoje. O estudo é o primeiro a estimar a carga de casos de asma pediátrica causada por desta poluição em mais de 13.000 cidades desde Los Angeles a Mumbai.

“O nosso estudo descobriu que o dióxido de nitrogénio coloca as crianças em risco de desenvolver asma e o problema é especialmente agudo nas áreas urbanas”, disse Susan Anenberg, co-autora principal do artigo e professora de saúde ocupacional e ambiental na George Washington University. “As descobertas sugerem que o ar limpo deve ser uma parte crítica das estratégias destinadas a manter as crianças saudáveis.”

Algumas das descobertas mais importantes do estudo são:

  • Dos cerca de 1,85 milhões de novos casos de asma pediátrica atribuídos ao NO2 globalmente em 2019, dois terços ocorreram em áreas urbanas.
  • A fração de casos de asma pediátrica associada ao NO2 em áreas urbanas caiu recentemente, provavelmente devido a regulamentações mais rígidas de ar limpo implementadas por países de rendimento mais alto, como os Estados Unidos.
  • Apesar das melhorias na qualidade do ar na Europa e nos Estados Unidos, o ar sujo, e particularmente a poluição por NO2 , tem aumentado no Sul da Ásia, na África Subsaariana e no Oriente Médio.
  • Os casos de asma pediátrica associados à poluição por NO2 representam um grande fardo para a saúde pública para o Sul da Ásia e África Subsaariana.

“Reduzir o transporte movido a combustível fóssil pode ajudar crianças e adultos a respirar mais facilmente e pode melhorar a saúde em vários aspetos, como por exemplo, haver menos casos de asma pediátrica e excesso de mortes”, disse Anenberg. “Ao mesmo tempo, também reduziria as emissões de gases de efeito estufa, levando a um clima mais saudável”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin