Ciência

Startups portuguesas contra a pandemia

O movimento tech4covid19 já angariou 134 mil euros que em parte já serviu para adquirir 58 mil máscaras e 2 mil óculos, doados ao Serviço Nacional de Saúde. O movimento tem em curso 40 projetos e foi criado por um grupo de fundadores de startups tecnológicas portuguesas. Neste momento reúne mais de 4300 pessoas de 250 empresas com o objetivo de criar soluções tecnológicas para mitigar os efeitos da pandemia.

Entre os projetos criados estão uma plataforma de alojamento para profissionais de saúde, que conta até este momento com 1800 quartos disponíveis, e angariações de fundos para compra de ventiladores e material de proteção individual. Outra solução integrada no movimento é a TonicApp, uma aplicação exclusiva para médicos, que já é utilizada por 11500 profissionais. Esta aplicação permite, por exemplo, utilizar tabelas de conversão, aceder a árvores de diagnóstico e discutir casos online com outros médicos.

Existem outras ferramentas tecnológicas disponíveis ao público em geral como aplicações para rastreio de sintomas, de registo de pessoas infetadas ou uma aplicação que permite vídeo-consultas grátis que conta com 210 médicos. Existem também projetos na área das compras e entregas como aplicações que permitem saber a afluência de lojas, informações sobre compras online ou um serviço nacional de entregas.

Os responsáveis do movimento continuam em contacto com profissionais de saúde e entidades como a Direcção-Geral de Saúde e as Administrações Regionais de Saúde para adequar as soluções desenvolvidas às necessidades que estas entidades apresentam.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo