UE propõe que a sustentabilidade ambiental esteja “no centro” da educação e da formação

A Comissão Europeia pede que a sustentabilidade ambiental esteja “no centro” dos sistemas de educação e formação na UE. A proposta de recomendação da entidade europeia visa apoiar estados membros, escolas, instituições de ensino superior, organizações não governamentais e todos os provedores de educação para equipar os alunos com a compreensão e as habilidades sobre sustentabilidade, mudanças climáticas e meio ambiente.

A recomendação da Comissão Europeia apela aos Estados-Membros para que proporcionem aos alunos de todas as idades acesso a educação e formação “de alta qualidade e inclusiva” sobre alterações climáticas, biodiversidade e sustentabilidade e que estabeleçam a aprendizagem para a sustentabilidade ambiental como uma área prioritária nas políticas e programas de educação e formação para apoiar e permitir que o setor contribua para a transição verde.

No inquérito Eurobarómetro da UE, os jovens escolheram a proteção do ambiente e a luta contra as alterações climáticas (67%), seguidas da melhoria da educação e da formação (56%) como as principais prioridades da UE nos próximos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin