Cultura

Adélio Amaro “convoca” brasileiros a incrementarem acervo de biblioteca que vai destacar o Brasil em Leiria

O escritor português Adélio Amaro está a desenvolver um projeto pessoal que promete dar destaque à literatura brasileira. Em causa está a criação da Biblioteca e Arquivo Adélio Amaro (BAAA) que reúne títulos dedicados a Leiria, ao arquipélago dos Açores e à etnografia. Numa nova fase, que teve início há alguns meses, a Biblioteca está a apostar no desenvolvimento de uma parte totalmente dedicada ao mundo das letras no Brasil. O objetivo, segundo o escritor, é “desenvolver a parte brasiliana para que em Leiria, Portugal, possa existir uma biblioteca dedicada aos autores e temas brasileiros”.

“O projeto surgiu apenas para catalogar o acervo que adquiri e fui colecionado ao longo dos anos, até que começou a ganhar outra dimensão, passando, nos dias de hoje, os 12 mil volumes e mais de 30 mil entradas documentais, das quais se destaca a enorme coleção de títulos de Revistas, Jornais e Catálogos de todo o mundo, que conta com quase três mil títulos”, afirma Adélio Amaro, que revela que o livro mais antigo que tem em mãos é de 1592, além de outros volumes dos séculos XVII, XVIII e XIX.

A Biblioteca e Arquivo Adélio Amaro trata-se de um projeto particular, “sem qualquer tipo de apoio financeiro”, que nasceu em 2008. A BAAA está a desenvolver, para 2021, exposições temáticas em bibliotecas, associações, escolas e outros espaços com o acervo que dispõe, assim como estuda realizar tertúlias.

Este projeto, com sede em Leiria, no Centro de Portugal, aceita doações de títulos, com especial atenção para os brasileiros. Para informações sobre como fazer a doações, os interessados podem contatar o escritor, autor de dezenas de livros, pelo e-mail: [email protected]

Ígor Lopes

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo