Cultura

No Dia Mundial do Livro o Ministério da Cultura anuncia medidas de apoio a este setor

No Dia Mundial do Livro, que se celebra hoje, o Ministério da Cultura anunciou a criação de medidas de apoio destinadas ao setor do livro.

Entre as medidas anunciadas está um programa no valor global de 400 mil euros, para aquisição de livros, a preço de venda ao público, dos catálogos das editoras e livrarias, até um máximo de 5 mil euros por editora e livraria.  Serão elegíveis para aquisição obras de poesia, de ficção, de teatro, de banda desenhada, de literatura infantojuvenil e de ensaio nas áreas das artes e do património cultural, escritas em português e por autores portugueses.

A este valor de 400 mil euros acresce os 200 mil euros já inscritos em orçamento para aquisição de livros para bibliotecas da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, privilegiando as livrarias de proximidade, no quadro do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Serviços das Bibliotecas Públicas (PADES) para 2020.

Por outro lado, foi também decidido antecipar para maio a abertura das bolsas de criação literária com um valor global de 180 mil euros. Este valor representa um reforço no imediato de 45 mil euros, face ao valor de 2019 e à dotação orçamental inscrita para 2020. Através desta medida o Ministério da Cultura irá atribuir 6 bolsas anuais e 12 bolsas semestrais, apoiando 18 projetos originais de criação literária.

As medidas hoje anunciadas inserem-se no quadro de medidas adotadas em período de emergência, vocacionadas para o curto prazo e para uma resposta mais imediata a situações de maior vulnerabilidade aos impactos da pandemia de Covid-19.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo