Responsável pelo projeto brasileiro “Sempre Um Papo”, Afonso Borges participa em festival literário em Portugal

O brasileiro Afonso Borges, responsável pela Associação Cultural “Sempre Um Papo”, vai estar presente no Folio – Festival Literário Internacional de Óbidos 2022, que acontece nesta cidade portuguesa de 6 a 16 de outubro, tendo o “Poder”, como tema desta edição.

A programação do projeto “Sempre Um Papo” no festival acontece dentro do Folio Mais, espaço dedicado às iniciativas locais e às propostas dos parceiros internacionais que contribuem e engrandecem o programa do evento.

Diretor deste projeto brasileiro, Afonso Borges vai estar no centro de alguns debates, assim como terá o papel de mediar mesas.

Programação cultural

A programação do “Sempre Um Papo” vai ser realizada em parceria com a Editora Nós, de Simone Paulino, começando no dia 6 de outubro, às 20h, quando Afonso Borges, Simone Paulino e Antônio Carlos de Almeida Castro participam do debate “Livro é Poder”, na Livraria de Santiago. Nesse mesmo local, no dia 7, às 17h, Afonso Borges modera a mesa “A construção do romance”, com participação de Lucrecia Zappi e Rute Simões Ribeiro. No dia 8 de outubro, às 12h, Simone Paulino faz a mediação da mesa “Catálogo de perdas”, com os autores Mariana Carrara, Luiza Romão e Helena Machado, na Livraria do Mercado.

Afonso Borges segue na programação do Folio mediando uma conversa com Marcela Dantés, no lançamento do seu livro “João Maria Matilde”, no dia 13 de outubro, às 17h, na Livraria Santiago, numa iniciativa da Livraria Ler Devagar e Câmara Municipal de Óbidos. No dia seguinte, 14 de outubro, às 17h, na Livraria do Mercado, numa iniciativa do “Sempre um Papo” e Livraria Ler Devagar, Afonso Borges modera a conversa com o tema “Como nascem os romances: uma perspectiva decolonial da criação nas narrativas longas”, com participação de Jeferson Tenório e Ondjaki.

Trabalho reconhecido

A Associação Cultural Sempre Um Papo é uma sociedade civil sem fins lucrativos, de caráter cultural. A sua missão é contribuir para o desenvolvimento de políticas de incentivo ao hábito da leitura a fim de formar cidadãos mais críticos.

Criado em 1986, pelo jornalista Afonso Borges, o “Sempre Um Papo” é reconhecido como um dos programas culturais de maior credibilidade do País. Na sua história, já ultrapassou os limites de Belo Horizonte e chegou a 30 cidades, em oito estados do Brasil, além do Distrito Federal, tendo sido realizado também em Madri, na Espanha. Com o tempo, vieram outros projetos e iniciativas que visam ao incentivo da leitura e possibilitam, conjuntamente, a associação entre cultura, educação e responsabilidade social.

Afonso Borges é responsável também pelo tradicional Festival Literário de Araxá – Fliaraxá, no Brasil, que, este ano, no mês de maio, realizou a sua décima edição com a presença de um grande público nos ambientes físico e on-line.

Ígor Lopes

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…