Exposição Quem és tu? inaugura em Lisboa, no Museu Nacional do Teatro e da Dança

Depois de ter percorrido 10 concelhos do país desde março de 2023, a exposição chega ao Museu Nacional do Teatro e da Dança, em Lisboa, de 6 de junho a 29 de dezembro, para revelar objetos nunca antes expostos, que sublinham a relação entre o Teatro Nacional D. Maria II e o país.

A exposição Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país, com curadoria de Tiago Bartolomeu Costa, chega a Lisboa, depois de mais de um ano de viagem pelo país, no âmbito do projeto Odisseia Nacional, do Teatro Nacional D. Maria II. Pensada para o momento em que o edifício do D. Maria II, no Rossio, se encontra encerrado para obras de requalificação, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, esta exposição, que reflete sobre a história do Teatro e a sua relação com o país, é agora apresentada no Museu Nacional do Teatro e da Dança, de 6 de junho a 29 de dezembro, introduzindo novos elementos que evidenciam dimensões menos conhecidas da história do Teatro.

Inaugurada em março de 2023, em Águeda, a exposição Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país foi apresentada em 10 concelhos de Portugal continental e Ilhas, ao longo de quase um ano – Águeda, Caldas da Rainha, Viseu, Ribeira Grande, Funchal, Évora, Sines, Faro, Amarante e Barcelos –, contabilizando um total de mais de 4.000 visitantes.

A partir de fotografias, trajes, maquetes, desenhos, filmes, objetos de cena e arquivo administrativo e criativo – oriundos de acervos do Museu Nacional do Teatro e da Dança e do Teatro Nacional D. Maria II, mas também de outras instituições e de particulares –, esta exposição é uma viagem que começa com a instauração da ditadura militar pelo golpe de 1926 e explora as muitas realidades de quase um século de história. Quem és tu? é uma viagem que cruza a história do Teatro Nacional D. Maria II com a história do país, estabelecendo ligações entre a prática artística e o seu contexto político e social e percebendo que são muitas as perspetivas e camadas de memórias acumuladas, sobretudo se se olhar para além das peças estreadas e da imponência do edifício.

A concessão do Teatro Nacional D. Maria II à Companhia Rey Colaço-Robles Monteiro acompanhou 45 dos 48 anos da ditadura do Estado Novo. Nesse período, o teatro português desenvolveu-se, afirmou-se e definiu-se na relação com o regime. Recuperando a relação da companhia Rey Colaço-Robles Monteiro com o território nacional, a exposição pensa as relações entre os espetáculos apresentados e as diferentes camadas de representação (do país, da sociedade, do teatro e dos regimes políticos), potenciando a perceção pública de uma certa ideia de (e para o) teatro nacional, tanto enquanto edifício, como na sua missão.

A inauguração da exposição Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país no Museu Nacional do Teatro e da Dança, em Lisboa, acontece a 6 de junho, às 18h, e integra uma visita guiada com o curador e o lançamento do catálogo da exposição, uma edição TNDM II / Bicho-do-Mato, com textos e coordenação de Tiago Bartolomeu Costa.

O catálogo desta exposição reúne, pela primeira vez, um conjunto significativo de documentos sobre a história do D. Maria II proporcionando uma leitura integrada de informação inédita. Uma publicação que permite acompanhar a evolução das perceções públicas sobre o modo como o teatro dialogou com os contextos sociais, políticos, estéticos, económicos e éticos, ao mesmo tempo que foi agregando essas diferenças numa única ideia: um teatro com “nacional” no seu nome.

A exposição pode ser visitada no Museu Nacional do Teatro e da Dança de 6 de junho a 29 de dezembro, de terça a domingo, das 10h às 13h e das 14h às 18h.

Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país é uma produção do Teatro Nacional D. Maria II em parceria com o Museu Nacional do Teatro e da Dança e com a Comissão dos 50 anos do 25 de Abril, a Câmara Municipal de Lisboa, a EGEAC e a Museus e Monumentos de Portugal.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…