Vida

Lisboa vai ser o epicentro europeu das cidades sustentáveis

URBAN FUTURE Global Conference

Cerca de 3000 CityChangers de todas as partes do mundo, incluindo mais de 100 presidentes de Câmara de várias cidades, vão juntar-se em Lisboa para partilhar estratégias e projetos em prol da criação de cidades mais sustentáveis: projetos que já foram realizados, bem como os sucessos e os erros na sua concretização.

O programa final da URBAN FUTURE Global Conference (UFGC), vai trazer até Portugal, entre 1 e 3 de Abril, mais de 200 oradores, vindos de 60 países diferentes, que se vão dividir pelos quatro espaços da conferência: Pavilhão Carlos Lopes, Fundação Calouste Gulbenkian, Estufa Fria e Lx Factory.

A conferência, organizada em estreita colaboração com a Câmara Municipal de Lisboa, é um dos principais eventos do programa da Capital Verde Europeia 2020. A capital Portuguesa tem estado nas últimas décadas na vanguarda dos últimos desenvolvimentos em termos de sustentabilidade urbana.

A última medida é o novo projeto designado ZER (Zona de Emissões Reduzidas), que pretende reduzir em 40% o número de carros nas zonas da Baixa e do Chiado. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, espera uma redução de emissões na ordem das 60 mil toneladas de dióxido de carbono por ano, o que permitirá devolver a cidade aos seus cidadãos.

Este ano, a URBAN FUTURE Global Conference está centrada em quatro temas chave: mobilidade, água, bairros e liderança. Cada um dos temas selecionados para este ano vai permitir debater ideias criativas e economicamente viáveis para reorganizar, tanto Lisboa, como outras cidades mundiais.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo