Medicina, Saúde e Alimentação

Cientistas identificam nutriente que ajuda a prevenir infeções bacterianas

Cientistas de cinco institutos do National Institutes of Health identificaram um nutriente – taurina – que ajuda o intestino a identificar infecções anteriores e matar bactérias invasoras, como a Klebsiella pneumoniae (KPN). A descoberta, publicada na revista Cell, pode ajudar na descoberta de métodos de tratamento alternativos aos antibióticos.

Os cientistas sabem que o microbioma – os trilhões de micróbios benéficos que vivem dentro do intestino – podem proteger as pessoas de infecções bacterianas, mas pouco se sabe sobre como fornecem essa proteção. Os investigadores estão assim a estudar o microbiama com o objetivo de encontrar ou aprimorar tratamentos naturais para substituir os antibióticos, que prejudicam este sistema de deseja natural e que se tornam menos eficazes à medida que as bactérias desenvolvem resistência aos medicamentos.

A taurina, um dos nutrientes estudados, ajuda o corpo a digerir gorduras e óleos e é encontrada naturalmente nos ácidos biliares do intestino. O gás venenoso sulfeto de hidrogênio é um subproduto da taurina. Os cientistas acreditam que níveis baixos de taurina permitem que patogénicos colonizem o intestino, mas níveis altos produzem sulfeto de hidrogénio suficiente para prevenir a colonização.

Durante o estudo, os cientistas perceberam que uma única infecção leve é ​​suficiente para preparar o microbioma para resistir à infecção subsequente, e que o fígado e a vesícula biliar – que sintetizam e armazenam ácidos biliares contendo taurina – podem desenvolver proteção contra infecções de longo prazo. O estudo descobriu que a taurina administrada a ratos como suplemento na água potável também preparou o microbioma para prevenir a infecção.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo