Comer mais vegetais pode diminuir o risco de doenças cardíacas

Comer uma dieta centrada em plantas durante a idade adulta jovem está associada a um menor risco de doenças cardíacas na meia-idade, de acordo com um estudo de longo prazo com cerca de 30 anos de acompanhamento.

Outro estudo com cerca de 15 anos de acompanhamento descobriu que comer mais vegetais que comprovadamente reduzem o colesterol está associado a um menor risco de doenças cardiovasculares em mulheres na pós-menopausa.

Os dois estudos foram publicados no Journal of the American Heart Association, um jornal de acesso aberto da American Heart Association.

As recomendações de dieta e estilo de vida da American Heart Association sugerem um padrão alimentar saudável geral que enfatiza uma variedade de frutas e vegetais, grãos inteiros, laticínios com baixo teor de gordura, aves e peixes sem pele, nozes e legumes e óleos vegetais não tropicais. Também aconselha o consumo limitado de gordura saturada, sal, carne vermelha, doces e bebidas açucaradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin