O exercício aeróbico pode impulsionar a aprendizagem de vocabulário nas crianças

Um estudo recente de investigadores da Universidade de Delaware sugere que exercícios aeróbicos podem aumentar o vocabulário das crianças. O artigo, publicado no Journal of Speech Language and Hearing Research, detalha um dos primeiros estudos sobre o efeito do exercício na aprendizagem de vocabulário em crianças.

No estudo, crianças de 6 a 12 anos aprenderam novas palavras antes de fazer uma de três coisas – nadar, exercícios de CrossFit ou preencher uma folha de colorir. As crianças que nadaram foram 13% mais precisas nos testes de acompanhamento das palavras de vocabulário.

Faz sentido para a investigadora principal, Maddy Pruitt, ela mesma uma ex-nadadora universitária que agora faz aulas regulares de CrossFit. “O movimento motor ajuda a codificar novas palavras”, disse ela, explicando que o exercício é conhecido por aumentar os níveis de fator neurotrófico derivado do cérebro, uma proteína que Pruitt descreve como o “Milagre do cérebro”.

Então porque a natação fez a diferença e o CrossFit não? Pruitt atribui isso à quantidade de energia que cada exercício exige do cérebro. A natação é uma atividade que as crianças podem realizar sem muito pensamento ou instrução. Era mais automático, enquanto os exercícios CrossFit eram novos para eles. As crianças precisavam aprender os movimentos, o que exigia energia mental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Dezembro traz O Cerejal e Off ao Teatro D. Maria II

Dezembro traz O Cerejal e Off ao Teatro D. Maria II

Dezembro é mês de estreias no Teatro Nacional D. Maria II. De 2 a 19 de dezembro, a companhia mala…
Rede CUF chega a Leiria

Rede CUF chega a Leiria

Novo Hospital nasce em 2025, mas já a partir de 2022, Leiria conta com uma Clínica CUF.  Com um investimento…
Brasil e a democracia

Brasil e a democracia

Estudo da Universidade de Gotemburgo inclui Brasil entre os países commaior declínio democrático do planetaO Instituto Variedades de Democracia, da Universidade de Gotemburgo, naSuécia, publicou o seu Relatório da Democracia 2021, que indica umdeclínio democrático entre as nações do planeta. De acordo com oestudo, 25 nações que incluem 1/3 da população mundial – 2,6bilhões de pessoas – estariam experimentando uma onda acelerada deautocratização. Brasil, Índia e Turquia estão colocados nesse rol.Segundo o estudo, algumas situações se repetem em diversos países.Ameaças à liberdade de imprensa, perseguição académica e repressãode movimentos da sociedade civil, por exemplo. Os governos patrocinam apolarização política por meio de desinformação disseminada pelasredes sociais – as fake news.Na tabela com os dez países que nos últimos dez anos passaram por umprocesso de incremento no declínio democrático, ou naautocratização, o Brasil aparece em quarto. Em primeiro lugar, está aPolónia, em segundo Hungria, em terceiro Turquia. Depois do Brasil,aparecem Sérvia, Benin, Índia, Ilhas Maurício, Bolívia e Tailândia.Carlos Vasconcelos – Correspondente
Angola: Governo prevê crescimento de 2,4% em 2022

Angola: Governo prevê crescimento de 2,4% em 2022

O Governo angolano prevê regressar ainda em 2021 ao crescimento positivo, esperando uma subida económica de 0,2%, segundo o Orçamento…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin