Qualidade do ar no local de trabalho pode afetar a cognição e a produtividade dos funcionários

A qualidade do ar dentro do local de trabalho pode ter impactos significativos na função cognitiva dos funcionários, incluindo tempos de resposta e capacidade de concentração, e também pode afetar a produtividade, de acordo com um novo estudo conduzido pela Harvard TH Chan School of Public Health.

O estudo de um ano, que incluiu participantes em escritórios de seis países de uma grande variedade de campos, incluindo engenharia, investimento imobiliário, arquitetura e tecnologia, descobriu que concentrações aumentadas de partículas finas (PM2,5) e taxas de ventilação mais baixas estavam associadas a tempos de resposta mais lentos e redução da precisão numa série de testes cognitivos.

Os investigadores observaram uma função cognitiva prejudicada em concentrações de PM2,5 e CO 2 que são comuns em ambientes internos.

Jose Guillermo Cedeño Laurent, do Departamento de Saúde Ambiental e principal autor do estudo referiu que “O estudo confirmou como as baixas taxas de ventilação afetam negativamente a função cognitiva. No geral, o estudo sugere que a má qualidade do ar interno afeta a saúde e a produtividade significativamente mais do que percebíamos anteriormente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Mercados voláteis de energia vieram para ficar, alerta Agência Internacional de Energia

Mercados voláteis de energia vieram para ficar, alerta Agência Internacional de Energia

Os preços da energia em todo o mundo atingiram níveis recordes com uma crise de energia que atinge a Europa…
Cabo Verde: Neves liga Veiga a "movimentos extremistas"

Cabo Verde: Neves liga Veiga a "movimentos extremistas"

O candidato presidencial José Maria Neves voltou a afirmar que o rival Carlos Veiga tem ligação a “movimentos extremistas”. Como tal, considera…
Programa "Detetives das Emoções" ajuda a combater a ansiedade e depressão em crianças

Programa "Detetives das Emoções" ajuda a combater a ansiedade e depressão em crianças

Um estudo piloto realizado por uma equipa da Universidade de Coimbra (UC), indica que o programa de intervenção psicológica vulgarmente…
Estudantes de jornalismo com motivações altas e expectativas baixas sobre o seu futuro profissional

Estudantes de jornalismo com motivações altas e expectativas baixas sobre o seu futuro profissional

Uma grande percentagem dos alunos que frequentam os cursos de jornalismo e comunicação em Portugal não acredita na possibilidade de…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin