Medicina, Saúde e Alimentação

Eficácia dos suplementos anti-envelhecimento também depende da hora do dia em que são tomados

Investigadores da Universidade de Waterloo descobriram que há um melhor momento do dia para tomar suplementos anti-envelhecimento e, na verdade, depende da idade.

Pesquisas recentes mostram que o mononucleotídeo de nicotinamida (NMN) e o Resveratrol são substâncias benéficas para o metabolismo e aumentam a vida útil de vários orgãos. Agora, os cientistas descobriram que a eficácia destes suplementos depende da hora do dia em que são tomados. Isso ocorre porque o metabolismo e os ritmos circadianos são muito importantes na atividade anti-envelhecimento. Os investigadores descobriram que os jovens devem tomar NMN seis horas depois de acordar e Resveratrol à noite. Enquanto isso, os idosos devem tomar NMN mais cedo e Resveratrol a meio do dia.

Os cientistas referem que gostariam de acabar com o paradigma errado de que o envelhecimento não é tratável. É tratável, assim como qualquer outra doença. O problema é que oficialmente não é uma doença e sim um “processo natural”. Segundo os cientistas, isto leva ao sofrimento humano e, em última instância, à morte, porque, como todos sabem, a idade está associada a todos os tipos de doenças. “Se pudéssemos prescrever medicamentos que retardam o envelhecimento, faríamos, porque isso ajudaria as pessoas a evitar essas condições debilitantes.”

Mehrshad Sadria, um dos autores deste estudo, disse: “É muito importante tentar mudar esse paradigma errado de que o envelhecimento não é tratável. Não devemos pensar como há 30 anos, quando pensávamos que uma vez que uma pessoa chega aos 70 ou 80 anos, ela deve estar letárgica e doente. ”

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo