Especial COVID-19

África: CDC prevê vacinação COVID-19 no 2º trimestre de 2021

A vacinação contra o Covid-19 na África deverá começar no segundo trimestre do próximo ano, disse o principal oficial de saúde pública do continente na quinta-feira, acrescentando que será “extremamente perigoso” se partes mais desenvolvidas do mundo se vacinarem e restringirem as viagens a pessoas com certificado de vacinação.

O diretor dos Centros Africanos para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), John Nkengasong, lamentou, em declarações aos jornalistas, “Eu vi como a África é negligenciada quando os medicamentos estão disponíveis” no passado, alertando que “está claro que a segunda onda (de infeções) está aqui no continente” de 1,3 mil milhão de pessoas.

O Africa CDC está “muito, muito encorajado” por notícias promissoras de um punhado de vacinas COVID-19 em ensaios clínicos, embora o armazenamento a frio necessário para implantar algumas delas na África seja um grande desafio, disse Nkengasong.

O CDC da África tem vindo a discutir opções de vacinas com a Rússia, China e outros, na tentativa de não ficar para trás na corrida para obter as doses necessárias. Segundo Nkengasong, o continente precisará de cerca de 1,5 mil milhão de doses, assumindo duas por pessoa, para atingir a cobertura de 60% necessária para a imunidade coletiva.

“O pior que queremos para o continente é que a Covid se torne uma doença endémica” na África, disse.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo