COVID-19 leva a uma queda mensurável da esperança média de vida em Espanha, segundo estudo

A esperança média de vida em Espanha caiu 0,9 anos entre 2019 e julho de 2020 devido à pandemia COVID-19, de acordo com um novo estudo publicado esta semana no PLOS ONEL.

Os investigadores usaram dados da contagem diária de mortes do Sistema Espanhol de Monitorização de Mortalidade Diária (MoMo) e dados demográficas do Instituto Nacional de Estatística da Espanha. A equipa estimou as expectativas de vida semanal e anual ao nascer entre 2019 e julho de 2020.

A expectativa de vida semanal ao nascer em Espanha foi menor nas semanas 11 a 20 de 2020 – do início de março ao início de maio – em comparação com as mesmas semanas em 2019. Essa queda foi particularmente significativa nas semanas 13 e 14 – de 23 de março a 5 de abril – com declínios nacionais na expectativa de vida semanal variando de 6,1 a 7,6 anos e declínios semanais regionais de até 15 anos em Madrid.

Da mesma forma, a expectativa de vida anual do país como um todo diminuiu 0,9 anos entre 2019 e julho de 2020, tanto para homens quanto para mulheres. Os autores afirmam que essas descobertas fornecem uma medida intuitiva do impacto da pandemia na saúde em toda a Espanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

UE sofre mais custos energéticos com sanções à Rússia

UE sofre mais custos energéticos com sanções à Rússia

A Comissão Europeia assumiu nesta quarta-feira, 02 de março, que as sanções da União Europeia (UE) à Rússia vão ter “custos…
EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

Os Estados Unidos da América (EUA) sugerem que a Rússia seja excluída do Conselho dos Direitos Humanos. A proposta foi…
Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

O ministro conselheiro da Rússia em Moçambique, Dimitri Sorokin, garantiu que a guerra na Ucrânia não afeta as relações de…
Descendente de ucranianos, empresário brasileiro lamenta o conflito e diz já sentir impacto nos negócios

Descendente de ucranianos, empresário brasileiro lamenta o conflito e diz já sentir impacto nos negócios

Igor Mazepa Baran tem 57 anos de idade e vive na cidade de Curitiba, no Brasil. É brasileiro com descendência…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin