Covid-19: Objetivo da COVAX para vacinar o mundo aquém do esperado

Em muitos países de baixo rendimento menos de 1% da população recebeu uma única dose da vacina contra a Covid-19. Pelo contrário, em países como os EUA ou Israel já há mais de 50% da população totalmente vacinada.

Diminuir esta desigualdade na distribuição de vacinas é a missão da COVAX, uma colaboração entre a Gavi, a Vaccine Alliance, a Coalition for Epidemic Preparedness Innovations e a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Lançada em abril de 2020, a COVAX pretendia distribuir dois biliões de doses de vacinas até o final deste ano, 2021. Estas doses deveriam advir de doações de outros países que seriam depois distribuídas pela organização aos países mais pobres, baseando-se em critérios populacionais.

No entanto, até agora, a COVAX ficou aquém deste objetivo. A iniciativa foi responsável por apenas 4% dos mais de dois billiões de injeções administradas em todo o mundo até agora. A grande causa para esta sistuação foi os países ricos comprarem a maioria das novas vacinas antes mesmo de serem aprovadas pelos reguladores.

Em declarações à Scientific American, um porta-voz da Gavi disse que a organização espera agora entregar 1,8 billião de vacinas até o final do primeiro trimestre de 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Brasil: Plano de segurança para a Amazónia vai ter investimento de 2 biliões de reais

Brasil: Plano de segurança para a Amazónia vai ter investimento de 2 biliões de reais

O secretário executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Capelli, anunciou na passada segunda-feira, que o governo federal…
Ucrânia nomeia três vice-ministros da Defesa

Ucrânia nomeia três vice-ministros da Defesa

O ministro da Defesa da Ucrânia, Rustem Umerov, anunciou nesta quarta-feira, 27 de setembro, as escolhas dos seus vice-ministros. As…
Angola: Governo quer uniformizar salários da Administração Pública

Angola: Governo quer uniformizar salários da Administração Pública

A ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Dias, anunciou, após a reunião da Comissão Económica do Conselho…
Afeganistão: Talibãs desvalorizam proibições que afetam as mulheres

Afeganistão: Talibãs desvalorizam proibições que afetam as mulheres

O principal porta-voz do Governo talibã no Afeganistão, Zabiullah Mujahid, criticou a intervenção da diretora executiva da ONU Mulheres, Sima…