Covid-19: Portugal com recorde de doentes internados em cuidados intensivos: 431

O número de casos confirmados de Covid-19 em Portugal aumentou para 230 124 contabilizando-se mais 4 452 infetados desde ontem. O número de óbitos também aumentou para 3 553, registando-se mais 81 mortes nas últimas 24 horas. Os dados constam do boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde, divulgado esta terça-feira.

O boletim refere ainda que já recuperaram da doença 149 455 pessoas, 7 290 das quais, foram dadas como recuperadas nas últimas 24 horas. No total há 3 028 doentes internados, menos 12 do que ontem. Em unidades de cuidados intensivos estão 431 internados, mais 5 do que na segunda feira. No total há 77 126 casos ativos em Portugal, menos 2 219 do que no dia anterior.

A região Norte concentra a maioria dos casos de Covid-19 em Portugal com 116 966 (+2 941 do que ontem) casos confirmados, seguida pela região de Lisboa e Vale do Tejo, 81 621 (+812), e a região Centro com 21 406 (+353). No Alentejo há registo de 4 547 (+243) e no Algarve 4 238 (+65) casos. Os arquipélagos são as regiões com menos casos, na Madeira registam-se 721 (+27) e nos Açores há registo de 625 (+11) infetados.

O relatório da DGS, com dados atualizados até às 24h00 de ontem, indica ainda que a região Norte é a que regista o maior número de mortes com 1 650 óbitos (+43 do que ontem), seguida de Lisboa e Vale do Tejo 1 323 (+21), Centro 444 (+11) e Alentejo 83 (+4). No Algarve já se registaram 36 (+2) mortes e nos Açores 15 (=). Na Madeira há registo de dois óbitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

Os Estados Unidos da América (EUA) sugerem que a Rússia seja excluída do Conselho dos Direitos Humanos. A proposta foi…
Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

O ministro conselheiro da Rússia em Moçambique, Dimitri Sorokin, garantiu que a guerra na Ucrânia não afeta as relações de…
Descendente de ucranianos, empresário brasileiro lamenta o conflito e diz já sentir impacto nos negócios

Descendente de ucranianos, empresário brasileiro lamenta o conflito e diz já sentir impacto nos negócios

Igor Mazepa Baran tem 57 anos de idade e vive na cidade de Curitiba, no Brasil. É brasileiro com descendência…
Representação Central Ucraniano-Brasileira critica neutralidade do governo do Brasil diante da invasão russa

Representação Central Ucraniano-Brasileira critica neutralidade do governo do Brasil diante da invasão russa

Em declarações à nossa reportagem, Vitorio Sorotiuk, presidente da Representação Central Ucraniano-Brasileira (RCUB), disse ter apelado “oficialmente ao presidente do…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin